Dicas e Curiosidades Saúde e Bem-Estar

Assaduras no bebê: veja dicas infalíveis para combate-las!

assaduras-no-bebe-veja-dicas-infaliveis-para-combate-las

É quase certo que todo bebê tem assaduras. E se isso acontece, também é fácil ver mamães preocupadas com a situação dos pequenos. Mesmo muitos dizendo que é comum, as assaduras no bebê podem causar irritação e desconforto, atrapalhando no sono e os deixando mais chorosos.

As assaduras no bebê é uma inflamação que ocorre na pele e é comumente vista na área genital, nas coxas e também próximo ao ânus. Isso acontece devido à proliferação de fungos quando o excesso de umidade, pelo aumento da temperatura no local ou, também, por o bebê passar muito tempo com a fralda suja (com fezes ou urina).

Assaduras no bebê: veja dicas infalíveis para combate-las!

Por mais comuns que sejam, além de incômodas e doloridas, as assaduras de bebê podem se tornar complicações maiores caso não sejam tratadas com atenção, pois elas podem virar algo mais sério como uma micose ou candidíase. Há casos de bebês que contrariam infecções bacterianas devido a assaduras malcuidadas.

A parte mais doída das assaduras de bebê é que elas podem ocorrer nos pequenos desde seu primeiro mês de vida. Isso porque eles já começam a usar a fralda logo cedo e, quanto mais novos, mais sensível é a pele. Precisando de um cuidado ainda maior.

Veja também:

A melhor maneira para combater as assaduras no bebê é prevenir. Mesmo os bebês com peles bastante sensíveis, algumas boas práticas e muita atenção podem garantir que os pequenos se livrem desse mal irritante.

É importante manter o bebê sempre sequinho. Isso serve para logo depois do banho e, principalmente, na hora de trocar a fralda. Após o banho, com uma toalha bem macia, é só ir apalpando a bundinha do bebê e também as áreas da virilha. Lembre-se que a umidade é um dos fatores que podem causar as assaduras no bebê.

A troca da fralda tem que ser recorrente e, também, a limpeza deve ser completa. É importante prestar atenção ao que está sendo usado para limpá-lo. Lenços umedecidos também não são indicados (principalmente aqueles com perfume), pois podem irritar ainda mais a pele.

Na hora de fechar a fralda, é importante que não a deixe muito apertada. Se a fralda não permitir que a pele do bebê respire, isso acaba por aumentar a temperatura no local e o calor também é responsável pode causar a irritação.

Assaduras no bebê: veja dicas infalíveis para combate-las!

Pomadas como Bepantol ou Hipoglós são boas recomendações para se usar, mesmo que o bebê não tenha nada. Essas pomadas criam uma camada de proteção na pele, evitando umidade e protegendo a pele quando o bebê estiver com as fraldas sujas.

Mas, se as assaduras no bebê já aconteceram, o jeito é remediar. A melhor e mais importante maneira de identificar qualquer tipo de doença é levar o bebê ao pediatra. Essa prática, aliás, deve ser feita regularmente, até para evitar possíveis maiores complicações em quaisquer males.

A mãe pode diferenciar a assadura no bebê de outros males: a assadura tem como característica a cor vermelha nas áreas em que há contato com as fraldas, ou também pode simplesmente estar com bolinhas e quente. As assaduras no bebê geralmente causam irritação, por causa da pele mais sensível e dolorida.

Você também vai gostar de:

Deixe seu comentário

comments

Deixe um comentário