Maternidade

Mitos da gravidez que você já deve ter ouvido

mitos_na_gravidez

Com o baby na barriga, a mamãe é sem dúvidas o centro das atenções onde estiver. Nessas horas, é fácil ficar perdida com a chuva de informações recebida por amigos e familiares, não é mesmo?

Principalmente se você for uma mãe de primeira viagem, é difícil separar o que é verdade e o que é mentira.

Vem com a gente desvendar alguns dos mitos que você já deve ter ouvido!

Quando a mulher engravida ela deve comer por dois.

Esse é um dos mitos mais famosos no mundo da maternidade. Você deve se alimentar de maneira saudável, pois lembre-se de que o bebê se alimenta de tudo o que você ingere.

Até mesmo consultas com nutricionistas são ideais para que a futura mamãe siga uma dieta rica em proteínas e vitaminas nessa fase tão gostosa da vida.

Cerveja preta é a única bebida alcoólica que não faz mal.

Mais um exemplo de conversa fiada. Fuja de toda e qualquer bebida alcoólica!

“Amor, corre lá e compra um salgado! Você não quer nosso bebê com cara de coxinha né?”

Essa é o terror dos maridos! O famoso desejo não tem hora pra aparecer.

Porém, pode ficar tranquila, mamãe. O desejo não afeta em nada no seu bebê, ou seja, sem bebês com cara de doces e salgadinhos.

Comer canjica ajuda na amamentação.

A ingestão de alimentos não possui nenhuma relação com a produção de leite materno, seja para mais ou para menos.

Quem está grávida não pode tomar chá.

Apesar dos chás não serem proibidos, é preciso tomar cuidado com alguns deles.

Os principais chás contra-indicados na gestação são o de canela e os que possuem muita cafeína.

O melhor a se fazer é consultar o seu obstetra para que você tenha certeza de que a ingestão de chá não irá afetar negativamente a sua gestação.

Se comer chocolate antes da ultrassonografia você consegue ver o sexo do bebê com certeza.

Mais um mito super famoso que praticamente toda mamãe já ouviu.

Os doces apenas estimulam que o bebê se movimente, mas isso não garante que ele irá parar em uma posição propícia para que você consiga ver o sexo dele.

Para você que não aguenta mais de ansiedade para saber se é menino ou menina, o mais indicado é que seja realizada a ultrassonografia a partir da vigésima semana (semana 20), pois nesse período o órgão genital já está formado e em um tamanho que permite uma melhor visualização.

Dá para saber o sexo do bebê pelo formato da barriga da mamãe.

O formato da barriga depende de muitos fatores: tamanho do bebê, da posição em que ele está, do número de bebês que você está esperando, entre outros.

Infelizmente é impossível saber o sexo do futuro membro da família só olhando para a barriguinha.

A gestante não pode realizar exercícios físicos.

Primeiramente, é importante que você realize uma avaliação médica bem detalhada, pois em casos de gravidez de risco, é melhor que se evite os exercícios.

Caso você esteja livre desses riscos, poderá realizar exercícios físicos com moderação e que sejam de baixo impacto.

E não para por aí…

São tantos mitos, né? E esses são só alguns exemplos dos que são contados todos os dias para as mamães.

Você conhece algum mito sobre a gravidez que deixamos de comentar? Então aproveite o espaço de comentários e nos conte! Esperamos sua participação. <3

Leia também:

Deixe seu comentário

comments

Deixe um comentário