Dicas e Curiosidades Diversão Educação

Por que devo deixar meu filho jogar Minecraft?

jogo-minecraft

Desde o seu lançamento, lá em 2009, Minecraft se tornou uma febre mundial entre crianças e adolescentes de todo o planeta.

Com a narrativa de ser um jogo infinito com inúmeras possibilidades de criação e exploração, o jogo oferece diversão garantida para a criançada durante muito tempo.

Principalmente agora, no período de férias escolares, os pequenos se entediam facilmente, e por isso é sempre bom ter o máximo de opções possíveis pra distraí-los.

Por ser um jogo que segue a mesma ideia do LEGO, a criançada vai adorar poder construir o que a imaginação quiser de forma virtual.

Ainda se tratando de jogos eletrônicos, há certa resistência por parte de muitos pais, devido ao excesso de tempo utilizado nesses aparelhos. Porém, com a devida organização, os pequenos podem se divertir e aprender bastante nesse joguinho feito de blocos.

Veja como essa brincadeira pode acabar sendo algo muito educativo para seu pequeno:

Fácil de jogar: crianças a partir de 6 anos já podem se aventurar pelos mundos de Minecraft. Atualmente o jogo possui uma versão em Português do Brasil, o que ajuda muito para aprenderem rápido a jogar, além do fato de possuir telas e comandos autoexplicativos.

Exploração: as crianças adoram descobrir coisas novas! Imagine agora, o pequeno em um mundo que se molda de formas diferentes e que nunca acaba, possuindo lindas paisagens e lugares diferentes para conhecer.

Serão horas de jogatinas, mas é claro, sempre com moderação.

Criatividade: é fato que nos anos iniciais, é imprescindível que os pais consigam criar uma cultura em que a criança sempre esteja inventando coisas novas.

Com o Minecraft e suas infinitas possibilidades, a criançada pode soltar a imaginação e construir o que quiserem!

Pensamento rápido para solucionar problemas: o jogo possui diversos desafios para serem solucionados.

Para resolvê-los, é necessário um bom raciocínio lógico e muita criatividade.

Conforme a criança vai jogando, ela vai se acostumando a pensar nas melhores soluções possíveis, auxiliando assim para que ela tenha uma mente ativa para conseguir resolver os problemas do dia a dia.

Os pais podem jogar também: se os filhos gostarem da ideia do jogo e começarem a jogar durante as férias, os pais podem aproveitar para participar desse tempo com os pequenos.

Além de aprender e se divertir, é mais um momento de união entre toda a família, aumentando assim os laços entre pais e filhos.

O jogo foi desenvolvido para crianças: então papai e mamãe, não precisam ficar receosos sobre o que seus pequenos estão vendo na telinha.

O jogo possui pouquíssimas partes violentas, e mesmo que poucas, todas  são  cartunizadas (em forma de desenho animado), sem sangue ou qualquer efeito visual que possa assustar os seus filhos.

É sempre bom aprender um novo idioma: mesmo com o jogo já tendo uma versão em Português disponível, há sempre a opção de escolher outro idioma para ser utilizado no Minecraft.

Nada melhor que jogar e aprender, né mamães?

Quando a criança tiver bem entendida do jogo e saber o que cada coisa é ou faz, se for mudado o idioma principal, ele irá automaticamente associar a palavra no novo idioma com o Português.

É uma forma bem legal de ensinar, além é claro de já estar aproveitando essa faixa de idade em que o aprendizado de um segundo idioma acontece de forma mais fácil.

construções no minecraftÉ só soltar a imaginação e criar! (Fonte: Pinterest)

Ainda no âmbito educacional, em 2011, a Mojang (desenvolvedora do Minecraft), devido ao crescente interesse por parte de instituições de ensino, criou um programa chamado MinecraftEDU, o qual oferece 50% de desconto nas licenças do jogo para escolas.

Mais de 1000 escolas ao redor de todo o mundo já utilizam o Minecraft como ferramenta de ensino para seus alunos.

Durante as aulas, utilizando como ferramenta de aprendizagem o próprio jogo, as crianças aprendem de uma única vez, conceitos sobre as principais matérias, conforme listamos a seguir:

Matemática: conceitos de adição são muito bem explorados pelo jogo. Por exemplo, 3 pedaços de cana podem ser combinados para criar uma folha de papel.

Geometria: como o jogo todo é construído a partir de cubos, as crianças ao construírem casas, fazendas, etc. conseguem compreender de forma mais simples conceitos como volume, área e forma.

Química: diversos processos químicos estão presentes no Minecraft. Um exemplo simples é que ao aquecer areia, o jogador pode construir vidro.

Geografia: com as diversas paisagens que o jogo constrói de forma automática, os professores podem ensinar sobre relevo, formações rochosas, clima, fauna e flora.

Computação: mesmo sendo uma parte um pouco mais complexa do jogo, os pequenos ao construírem os famosos circuitos, conseguem absorver bastante conhecimento sobre energia e computação básica.

Com todas essas opções podendo ser realizadas dentro do jogo, fica fácil entender a explosão meteórica da fama do game.

crianças jogando minecraft na escolaO Minecraft se tornou uma importante ferramenta de ensino. (Fonte: Minecraft: History of Mojang)

A importância do Minecraft chegou ao seu ápice, quando em 2012, a Mojang juntamente com a ONU trabalharam em conjunto e criaram um programa chamado Block by Block (Bloco por Bloco, em português), que utiliza o jogo como ferramenta para a revitalização de espaços públicos em comunidades pobres e países em desenvolvimento.

Dentro do jogo, esses espaços públicos são recriados e toda a comunidade, principalmente os jovens, é convidada a modificar esses locais de forma virtual.

As sugestões são analisadas, e a selecionada têm a sua versão sendo construída na vida real!

O programa Bloco por Bloco atualmente está presente em 35 países pela África, América Latina, Ásia e Europa.

Agora ficou fácil perceber o porquê toda criança deveria poder jogar Minecraft, né mamães?

Com as férias bem planejadas, é válido tirar algumas horinhas do dia para deixarem os pequenos se divertirem na frente do computador com jogos educativos.

Sempre lembrando os pequenos que eles não irão ficar o dia todo colado nas telinhas!

Durante o dia, há diversas atividades que são tão divertidas quanto jogar no computador para se fazer ao ar livre.

Os seus pequenos já estão se aventurando por esse mundo de bloquinhos? Conta pra gente, mamãe!

Fontes: UOL e Folha.

Deixe seu comentário

comments

Deixe um comentário