Alimentação Dicas e Curiosidades Saúde e Bem-Estar

Qual a importância da amamentação infantil?

saiba-qual-a-importancia-da-amamentacao-infantil

Diferente de crendices populares, nem todos os bebês podem saber como mamar, assim como nem todas as mães podem saber como amamentar. Esse é um processo demorado e envolve muito aprendizado.

Paciência e persistência são as principais palavras para fazer do aleitamento uma experiência bem-sucedida. A amamentação infantil é uma etapa essencial e nos primeiros seis meses, o aleitamento materno deve ser a única e exclusiva fonte de alimento da criança.

Qual a importância da amamentação infantil?
Qual a importância da amamentação infantil?

Como o leite é produzido?

A preparação para o aleitamento começa quando a futura mamãe engravida. O início é uma pré-produção de leite quando os seios sofrem alterações como a mudança na cor do mamilo e as bolinhas na auréola do seio.

Por dentro, as mudanças também acontecem e partes essenciais para o aleitamento se adaptam para a produção do leite, como o tecido glandular, que dobra de tamanho no nascimento da criança.

Confira também:

O sistema de amamentação de uma mulher já se torna pronto para produzir leite a partir do segundo trimestre. A amamentação é tão importante que o próprio corpo se prepara mesmo para casos de nascimentos prematuros.

Mas a amamentação começa a ser ainda mais intensa depois de 48 horas após o nascimento, quando o hormônio do instinto materno prolactina passa a agir com maior intensidade.

O processo passa a funcionar a partir dos estímulos que a criança provoca nos seios quando faz a sucção. Resumindo, quanto mais a criança mamar, mais leite a mãe vai produzir.

O bebê estimula os seios, o que resulta na liberação de prolactina e ocitocina na corrente sanguínea. Quando chegam nos seios, eles são os responsáveis pelas contrações nos alvéolos com leite, que levam o leite para os ductos, até chegar à boca do bebê.

A dificuldade, no entanto, existe, primeiramente, pela falta de experiência de ambos: o bebê não sabe como mamar, há posições corretas e confortáveis e ainda no começo, principalmente na primeira gravidez.

É comum o leite “não descer”,  a mãe também sofre um pouco já que os seios doem, a criança chora, surge o sentimento de angústia e medo de não conseguir amamentar, entre outros problemas.

Leite Materno

Essa situação delicada, o momento de pós-parto, onde a mãe está fragilizada e a ciência da importância da amamentação fazem com que a mãe se sinta pressionada.

A importância da amamentação está ligada ao fato do bebê receber todos os principais nutrientes necessários logo em seus primeiros meses de vida: água, vitaminas, proteínas e gorduras estão presentes no leite materno e produzidos de modo natural.

O leite materno começa pela produção do colostro (líquido amarelado), importante para o desenvolvimento da imunidade do bebê, depois passa pela transição para o leite. Os primeiros minutos do aleitamento oferecem água, para somente depois começar a levar mais gordura para o bebê, por isso é necessário esvaziar primeiro uma mama, para depois oferecer a outra à criança. Esse é um detalhe de grande importância da amamentação.

A partir dos 06 meses de idade, outras fontes de alimento como frutas e papas podem ser introduzidas no cardápio, mas cuidado ao escolher a papinha, evite as que contém conservantes ou outros produtos químicos.

É importante que o pediatra acompanhe todas as fases do bebê para auxiliar nesse processo tão importante .

Você também vai gostar de:

Deixe seu comentário

comments

Deixe um comentário